Policiais militares da 70ª Companhia Independente em Ilhéus realizam prisão e apreensões durante ações em diversos bairros diversos da cidade.

Uma das diligências acontecera, no bairro Teotônio Vilela, após denúncias anônimas. Em um imóvel, foram localizados e apreendidos uma submetralhadora de calibre 9mm, 30 cartuchos e 15 porções de entorpecente não especificado. O material apreendido foi apresentado na delegacia local.

Já no Condomínio Morada do Porto foram apreendidos uma pistola de calibre 9mm e um veículo não especificado, em condições irregulares.  Nesse caso, um homem cuja identidade não foi divulgada, acabou conduzido à delegacia. Ele conduzia o automóvel e portava a pistola apreendida pelos policiais.

Incêndio na Kennedy, em Itabuna.

Na manhã desta quarta-feira (25), imagens feitas por um internauta e divulgadas em redes sociais mostram mais um caso de carro incendiado em via pública de Itabuna.

Desta vez o caso ocorreu na Av. Presidente Kennedy, no bairro Jardim Primavera, nas imediações do Conjunto Habitacional da Ceplac e do Colégio da Polícia Militar. 

As características circunstanciais do ocorrido apontam para falha mecânica do veículo, culminando nas chamas, que assustaram transeuntes na localidade. Não há registro de pessoas feridas. 

Um adolescente de 14 anos é suspeito de planejar um atentado em uma escola no município de Irituia, no Pará. A Polícia Civil cumpriu um mandado de busca e apreensão na casa do jovem nesta quarta-feira (13). Na residência foram apreendidas uma arma falsa modelo Glock, um aparelho celular, além de roupas pretas, que foram utilizadas pelo adolescente para trocar fotos com outros perfis em conversas sobre ataques em unidades de ensino.

De acordo com as investigações, o adolescente planejava o ataque para relembrar o episódio ocorrido em um colégio em Suzano, no Estado de São Paulo, em 2019. A delegada Vanessa Lee, responsável pelo caso, relatou ainda que o jovem planejava o atentado através de grupos em redes sociais. 

“Todas as conversas entre ele e outros perfis na internet discutiam a intenção de potencialmente cometer atos graves de violência contra crianças, adolescentes, mulheres e animais”, informou a delegada.

O adolescente e a família foram ouvidos e encaminhados para receber suporte psicológico de uma equipe multidisciplinar dos órgãos de proteção do Estado. A diretora da escola que era alvo do ataque também será ouvida. As investigações seguem para identificar outras pessoas possivelmente envolvidas no caso. (Bahia Noticias)

O radialista Jota Silva foi encontrado morto dentro da residência onde morava, no bairro Manoel Leão, em Itabuna nesta última terça-feira, (5). De acordo com informações, a Polícia Militar foi acionada, já que havia sinais de violência no corpo da vítima. Paramédicos do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) constataram o óbito e uma equipe do Departamento de Polícia Técnica de Itabuna foi acionada para realizar perícia e remoção do corpo. De acordo com a informação, poucas horas antes de sua morte, Jota foi visto em companhia de um jovem, com quem supostamente mantinha relação afetiva.

Ainda segundo a publicação, uma vizinha relatou à polícia que viu este jovem tentando sair com o carro de Jota Silva, mas não conseguiu. Deste modo, ele deixou a casa à pé, pela área lateral da residência, mas foi visto. De imediato ela acionou a Polícia Militar que constatou o crime. A Polícia Civil já iniciou as investigações.

O secretário estadual de Comunicação Social, André Curvello, enviou nota de pesar para a direção da Jornal AM de Itabuna nesta quarta-feira (6) lamentando a morte do radialista Jota Silva. Curvello também se solidarizou com familiares, parentes, amigos e colegas do comunicador, ressaltando que o governador Rui Costa determinou rigorosa apuração da morte e das circunstâncias da motivação do crime. A suspeita inicial é de que o crime tenha sido praticado por alguém próximo ao radialista e que tinha acesso à casa dele.

A prefeitura da cidade divulgou uma nota de pesar pela morte do radialista. Batizado como José Antônio Oliveira da Silva, ele apresentava o programa “Show do Jota Silva” há mais de uma década, na Rádio Jornal de Itabuna. Ele era um dos radialistas mais ouvidos na região sul do estado, que está comovida com a perda do profissional de comunicação.

 

 

Uma mulher foi presa após ser flagrada agredindo o próprio filho, um bebê de dez meses, em Xique-xique, na região de Irecê, Centro Norte baiano. Segundo informações, o caso ocorreu no último domingo (3) no povoado de Nova Iguira. Imagens que circulam pelas redes sociais mostram a mulher descontrolada, desferindo chutes contra o bebê caído no chão.

Outras pessoas que estavam no imóvel tentaram conter a mulher, impedindo que as agressões continuassem. Ainda segundo o G1, uma equipe do Conselho Tutelar visitou o imóvel da família e conversou com a mulher. Ela foi levada à delegacia da cidade e prestou depoimento.

Em depoimento, a mulher disse que estava bêbada e que não se lembrava do que havia feito. Mesmo assim, ela disse que estava arrependida. Ainda segundo informações, a acusada tem outro filho, no caso de oito anos. Os dois têm ficado aos cuidados de uma irmã da acusada, que está em tratamento para deixar de consumir álcool.

Logo após as agressões, o bebê foi levado para uma unidade de saúde. Ele recebeu alta e foi levado para uma instituição indicada pelo Conselho Tutelar, que faz o acompanhamento da criança. A mulher deve responder pelo crime de maus tratos, que é investigado pela delegacia local. (Bahia Noticias)

A Procuradoria-Geral da República (PGR) disse nesta quarta-feira (2) que quer ouvir o Planalto antes de se manifestar sobre a presença do presença do vereador do Rio, Carlos Bolsonaro (Republicanos), e do assessor Tércio Arnaud na comitiva presidencial à Rússia.

O parecer, assinado pela subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo, foi enviado para o Supremo Tribunal Federal (STF), após um pedido de investigação protocolado pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede) no inquérito que apura a atuação de "milícias digitais".

Numa análise preliminar, ela sinalizou que não há "plausibilidade jurídica" para investigar o filho do presidente Jair Bolsonaro (PL). No texto encaminhado à Corte, entretanto, ela sugeriu que a Presidência da República seja notificada a prestar informações "com o escopo de melhor esclarecimento da situação jurídica reportada".

Randolfe acionou o STF afirmando que "os principais ataques hackers" têm origem na Rússia e que Carlos e Arnaud CPMI das Fake News como integrantes do chamado "gabinete do ódio".

A subprocuradora-geral também sugere a redistribuição da representação. A solicitação foi enviada direto ao gabinete do ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das milícias digitais e de outras investigações que têm como alvo pessoas próximas ao Planalto.

"As críticas e opiniões pessoais do Senador serão bem-vindas na tribuna ou como matéria midiática, mas não como representação criminal, não tendo qualquer pertinência ou prevenção com o INQ 4874/DF [milícias digitais]", escreve Lindôra Araújo. (BN)

Em assembleia virtual realizada na noite de terça-feira(18), o Sindicato dos Policiais Civis da Bahia (Sindpoc) aprovou “Lockdown Semanal”, uma paralisação a ser realizada toda quinta feira, bem como o estado de greve da categoria.

Dentre as pautas de reivindicações estão a regulamentação do Artigo 46, parágrafo 1o da Lei 11.370/2009, que concede o salário de nível superior para os servidores com formação acadêmica, reestruturação da carreira, além da exigência de apresentação do cartão de vacinação para a população ter acesso às delegacias do Estado, algo que, segundo o sindicato, não está ocorrendo.

"Como se não bastasse tudo o que temos passado, hoje nos deparamos com o surto de Covid-19 e de gripe nas delegacias e os policiais expostos diariamente a esse perigo eminente, porque a Policia Civil da Bahia não tem cumprido o Decreto do Governo do Estado, onde o usuário do serviço público para adentrar nos órgãos e repartições precisa ter em mãos a carteira de vacinação”, denunciou Eustácio Lopes, presidente do Sindpoc.

ATOS DA CATEGORIA

Além do Lockdown Semanal, que acontecerá toda quinta-feira e o estado de greve dos servidores da Policia Civil, terá continuidade a Operação Padrão, iniciada no dia 01 de janeiro, com atos semanais nas delegacias. 

Por fim, ficou definida uma Assembleia Geral Presencial, a ser realizada no Campo Grande, no dia 10 de fevereiro, com caminhada até a Sede da Polícia Civil, para entrega das horas extras e chefias. (BN)

 

Itabuna passa a contar com uma nova estrutura especializada que terá a finalidade de proteger o patrimônio ambiental do município. Trata-se do Grupamento Ostensivo de Proteção Ambiental (GOPA), da Guarda Civil Municipal, vinculada à Secretaria Municipal de Segurança e Ordem Pública (Sesop). O lançamento do GOPA será no próximo domingo, dia 28, no Parque de Exposições Antônio Setenta, durante a Exposição Feira de Negócios de Itabuna (Expefenita). A titular da Sesop, Mariana Alcântara, explica que a unidade deverá atuar nas ações de prevenção e repressão contra crimes e infrações ambientais.

Segundo ela, o grupo especializado vai dar suporte, inclusive, aos trabalhos dos agentes de fiscalização da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (Seagrima). “O GOPA surge numa fase muito importante do município, quando práticas ambientalmente corretas estão sendo incentivadas pela Administração municipal”, comenta.

“O prefeito Augusto Castro sentiu essa necessidade e buscamos colocar essa estrutura em prática por meio da Guarda Civil Municipal. Para isso, fizemos parcerias para treinar nossa equipe, inclusive com a Prefeitura de Salvador e o 4º Grupamento de Bombeiros Militares de Itabuna”. O Decreto Municipal de nº 14.727, de 29 de outubro de 2021, estabelece que entre as atribuições do GOPA está o patrulhamento preventivo e ostensivo visando priorizar áreas de vegetação nativa e urbana, bem como coibir e minimizar os índices de poluição industrial e sonora.

Também prevê atuar em ações de desmatamento e na identificação de animais em situação de cativeiro sem a autorização do órgão competente, além de combater atos ilícitos de maus-tratos aos animais domésticos e silvestres. Ainda cabe ao GOPA, participar das atividades da Defesa Civil na ocorrência de calamidades públicas e grandes sinistros. Também caberá aos memokokbros do Grupamento Ambiental convidar autoridades e órgãos como a Secretaria Municipal de Agricultura e Meio Ambiente, Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema) e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA)), a depender da circunstância, para ações de fiscalização e apreensão de produtos e instrumentos utilizados na infração de natureza administrativa e criminal.

O subcomandante da Guarda Civil Municipal, Inácio Pereira Nascimento, lembra que também competirá aos membros do GOPA conduzir à delegacia especializada, pessoas surpreendidas na prática de crimes ambientais. “Nossa equipe foi devidamente treinada e estará a postos para atender a comunidade podendo ser assinada pelo contato será o 153 ou WhatsApp 99813-9506”, informa. (Ascom/PMI)

COMENTE, FALE, ASSISTA, ACOMPANHE...

Envie Suas sugestões para
73 8804-0588