Parte da safra recorde de 2020 será para exportação

O Brasil terá safra recorde de 251 milhões de toneladas de grãos de milho este ano, avisa a Companhia Nacional de Abastecimento, a Conab. O que poucos sabem é que boa parte das plantações hoje, no Centro Oeste e Sul da Bahia, está nas mãos de chineses, americanos e russos. Muito disso será para exportação. Há anos, deputados federais dos maiores Estados plantadores são anfitriões de grandes empresários asiáticos em comitivas que partem de Brasília para visitas a Mato Grosso, Goiás, Tocantins, Bahia – onde a turma arrenda e compra terras. As câmaras bilaterais de comércio viraram um grande negócio.

 

COMENTE, FALE, ASSISTA, ACOMPANHE...

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco