Coordenador Waldo Britto recebe delegação de Mato Grosso.

Uma delegação composta pelo Secretário de Agricultura, George Luiz de Lima, o Superintendente da Agricultura Familiar, Silvano Ferreira Amaral, dirigentes de associações, cooperativas e produtores rurais estiveram no Sul da Bahia, no período de 22 a 24 de novembro, com o objetivo de conhecer novas técnicas de manejo, experiências exitosas do cultivo do cacaueiro de alta produtividade e o processamento de chocolate com alto teor de cacau a fim de elaborar um plano de desenvolvimento para a cacauicultura naquele estado, com assinatura de acordo de cooperação e apoio tecnológico da Ceplac.

Milton Conceição fala sobre uso de clones.

 Na oportunidade, a delegação participou de palestras com dirigentes e técnicos da Instituição do cacau, excursões a imóveis rurais observando o manejo do cultivo com clones de alta qualidade genética, instalações de beneficiamento do cacau e o processamento do cacau bean to bar, na fábrica de chocolate da Ceplac.

 Na área do Cepec, o grupo participou da demonstração de poda do cacau, enxertia, produção de mudas e do beneficiamento primário do cacau.

 Nas visitas a fazendas da região, a delegação foi até a Fazenda Deus me deu, do agricultor familiar Elmir Ferreira, conhecer o manejo do cacau de alta produtividade e na Fazenda Capela Velha, viram as etapas do cultivo do cacau até o processamento do chocolate.

 A excursão mato-grossense foi encerada com visitas à Biofábrica e ao Centro de Inovação de Cacau, na UESC.



Hoje, 07/12, será exibida no youtube, às 19:30 h, nova live da Ceplac/Enagro, intitulada Irrigação Estratégica do Cacaueiro, a ser apresentada pelos técnicos convidados pela Ceplac Diógenes Marcelino Santos MS, e Diógenes Henrique Sarmento DS, tendo como moderador o pesquisador da Ceplac e diretor do Cepec José Marques Pereira.

Serão abordados os requerimentos de água para o cultivo irrigado do cacaueiro em diferentes biomas. Serão contemplados resultados práticos de campo, incluindo zonas antes consideradas como “inaptas” do extremo sul da Bahia e do semiárido sob irrigação intensiva com água salina e desprovidos de sombreamento.

Também serão demonstrados os principais métodos de irrigação aplicados aos cacaueiros de reflectâncias do espectro eletromagnético e aerofotogrametria. fitorreguladores e déficit hídrico controlado. Será também destaque a irrigação de cacaueiros no semiárido do Ceará.

Diretor da Ceplac apresentou nova estrutura para produtores.

O diretor geral da Ceplac, Waldeck Araújo Jr, recebeu nesta quinta-feira (25/11) lideranças e produtores de cacau no auditório do Centro de Pesquisas do Cacau a fim de apresentar a nova estrutura da Ceplac, objetivos e perspectivas da Instituição, além de abrir aos produtores a seção de perguntas.

A mediação do encontro foi feita pelo presidente da Câmara Setorial Nacional do Cacau e presidente do Sindicato Rural de Ilhéus, Milton Andrade, que também representou os produtores de cacau, com mesa composta pelo Coordenador Regional da Ceplac para a Bahia e Espírito Santo, Waldo Britto, a Coordenadora Nacional de Pesquisa, Lucimara Chiari e o Coordenador de Pesquisa do Centro de Pesquisas do Cacau, José Marques Pereira.

Waldeck Araújo fez a apresentação da palestra CEPLAC – adequação para as demandas da cacauicultura, na qual destacou os três pontos básicos do novo projeto da Instituição, centrados na Pesquisa, Difusão de Tecnologia e Operações Estratégicas, informando várias ações que já estão em curso, tais como desenvolvimento da Unidade Mista de Pesquisa e Inovação CEPLAC/EMBRAPA, com portfólio já definido, assinatura de acordos de cooperação com fundações e centros de pesquisa, formação de estrutura para captação de recursos e atração de novos pesquisadores, entre outras.

Waldeck fez questão de deixar bastante claro o papel da CEPLAC de acordo com o Decreto 10.827 e foi enfático ao ressaltar que o foco da Instituição é a pesquisa e a razão de ser da CEPLAC é o produtor de cacau.

Waldeck: produtores terão Ceplac com foco na pesquisa e serão razão de ser da Instituição.

Milton Andrade afirmou que a Câmara Setorial Nacional do Cacau hipotecava total solidariedade ao projeto da nova Ceplac, seriam parceiros, e lembrou que os produtores poderiam se organizar na base sindical para aproveitar a oportunidade de ter João Martins, um baiano, à frente da Confederação Nacional da Agricultura, “liderança hoje com bastante prestígio na área federal.”

O encontrou foi encerrado com várias perguntas e sugestões feitas pelas dezenas de produtores de cacau ao dirigente da Ceplac, que no final também fez um resumo das providencias do MAPA para o trato com a questão da Monília a fim de tranqüilizar a todos.

 

Live será ilustrada com fotos e vídeos.

Nesta terça-feira, 26/10, o Centro de Pesquisas do Cacau da Ceplac apresentará nova Live, intitulada “Poda do cacaueiro: da formação à produção”, a ser transmitida pelo canal Youtube/Enagro, com exposição do pesquisador da Ceplac Kazuiyiuki Nakayama e mediada pelo também pesquisador da Ceplac José Marques Pereira.

A Live abordará os seguintes tópicos sobre a poda em cacaueiros:

Antecedentes e justificativas da prática das podas de formação e manutenção em cacaual auto compatível.

Fatores relacionados às podas do cacaueiro.

Ferramentas e equipamentos utilizados nas podas.

A tecnologia da poda de formação e o Protocolo-agenda da poda de formação e suas atividades relacionadas com os estágios de desenvolvimento do cacaual.

Custo da poda de formação do cacaual varietal.

Resultado econômico da poda em cacaueiros auto compatíveis.

 

A palestra iniciará às 19:30 h e terá a duração de 50 minutos de exposição com apresentação de fotos e vídeos e 20 minutos para debates.

Coordenador da Ceplac mostra o potencial de elevação de renda de Guaratinga com ações da Ceplac.

A prefeita do município de Guaratinga, Marlene Dantas, e sua equipe, teve reunião nesta terça-feira, 05/21, com o coordenador regional da Ceplac Waldo Britto e assessores, com o objetivo de discutir um acordo de cooperação técnica e um plano de trabalho a ser desenvolvido por ambas as instituições.

 A reunião começou com a apresentação de uma palestra feita por Waldo Brito na qual apresentou um diagnóstico agrícola de Guaratinga e possibilidades de transferência de tecnologia tanto para os técnicos da secretaria de agricultura do município quanto para agricultores a fim de que sejam multiplicadores locais.

 Britto apresentou dados do SISCENEX, um sistema de coleta de informações agrícolas dos municípios do sul e extremo-sul da Bahia que subsidia decisões da Ceplac, e ressaltou aspectos como a ocupação do solo, universo de produtores assistidos, áreas de cacau comum e clonado e a rentabilidade do cacau cultivado em Guaratinga.

 Participante do evento, o gerente regional da Ceplac em Eunápolis, Antônio Carlos Santos, afirmou que “de imediato uma estratégia para a elevação da produtividade das áreas cultivadas com cacau em Guaratinga pode ser implantada com tecnologias modernas, tais como poda, adubação, implantação de um jardim clonal, uso de clones bem adaptados, produtivos e resistentes, etc. e um bom trabalho de adensamento dos plantios.”

Prefeita Marlene Dantas: apoio da Ceplac é decisivo para aumentar nossa renda rural.

A prefeita Marlene Dantas afirmou a disposição em “investir no desenvolvimento da área rural do município, dar incentivo ao aumento da renda rural através do incremento da produtividade e de possível expansão da área cultivada e para isto precisa contar com o decisivo apoio da Ceplac.”

 O secretário de agricultura de Guaratinga, Clebson Almeida, observou que “o município é essencialmente agrícola, o cacau é uma das maiores fontes de renda e a Ceplac é muito importante para todos. Almeida informou que dirige uma secretaria composta “por uma equipe que será treinada pela Ceplac e disponibilizada para impulsionar o desenvolvimento da nossa zona rural.”

 Waldo Britto fechou afirmando que todo o leque de ações que a Ceplac disponibiliza ao município pode ser consubstanciado em um plano de trabalho conjunto objeto de um acordo de cooperação técnica que deverá ser assinado entre Ceplac e Guaratinga.

A prefeitura tem secretaria de agricultura com boa estrutura técnica.

A prefeita de Pau Brasil, Bárbara Prado, esteve em reunião na coordenação regional da Ceplac, com o coordenador Waldo Britto, discutindo os termos de uma Acordo de Cooperação Técnica, para a execução de um plano de trabalho, com o objetivo de a Ceplac fazer a difusão de tecnologia para a elevação da produtividade das fazendas de cacau do município.

 Segundo Waldo Britto, “a produtividade média das fazendas da região é muito baixa, podendo melhorar muito com a absorção da tecnologia moderna que a Ceplac detém hoje. Precisamos estabelecer plano de trabalho com responsabilidades compartilhadas entre Ceplac e Município para fazer essa tecnologia chegar aos produtores.”

 A prefeita Barbara Prado informou que sua administração já conta em sua estrutura com uma Secretária de Agricultura, que tem como titular Crizânia Muniz, um agrônomo e técnicos agrícolas, que devem ser reciclados pela Ceplac para a execução do plano de trabalho que com certeza vai ajudar a desenvolver a zona rural, elevar a renda de produtores e gerar mais renda para Pau Brasil.

 Participaram da reunião, além da Secretária de Agricultura Crizânia Muniz, os assessores Edvan Corrêa e José Fernando Santos e técnicos da área de difusão de tecnologia da Ceplac.

Waldo Britto explica como o município acessar benefícios da difusão de tecnologia da Ceplac.

Em reunião realizada na coordenação regional da Ceplac a prefeita Monalisa Tavares e o coordenador Waldo Britto definiram a preparação de Acordo de Cooperação Técnica entre as entidades para a execução de um Plano de Trabalho conjunto.

 Segundo Waldo Britto, “o plano de trabalho tem responsabilidades compartilhadas e estratégia para difusão de tecnologia para agricultores e equipes técnicas da secretaria de agricultura do município, com o objetivo de elevação da produtividade do cacau, principalmente entre agricultores familiares, e elevação da renda do município.”

 Participaram da reunião os secretários de Agricultura, Fredson Santos; Educação, Miriam Andrade; Administração, Cristiane Arraes e Adson Ramos, assessor especial, além de técnicos da área de difusão de tecnologia da Ceplac.

 A prefeita Monalisa Tavares afirmou que “a prefeitura de Ibicaraí tem pressa para retomar a normalidade após o difícil período da Covid e um acordo de trabalho com a Ceplac é da maior importância para estimular o desenvolvimento, a geração de emprego e aumento da renda no seu município.”

O coordenador Waldo Britto expõe ações que a Ceplac pode fazer em Santa Luzia.

O prefeito do município de Santa Luzia, Fernando Brito, junto com comitiva, se reuniu na sede regional da Ceplac, em Ilhéus/BA, com a direção e técnicos da Ceplac a fim de discutir aspectos de cooperação técnica mútua entre as duas instituições, visando ao desenvolvimento da cacauicultura local.

 A reunião foi realizada no dia 17/9 e constou da pauta análise de aspectos como plano de trabalho conjunto a ser executado pelas duas instituições, ações para a elevação da produtividade e da renda da cacauicultura no município e difusão de tecnologia para produtores locais, com especial atenção para a agricultura familiar. O diretor Waldo Britto explicou as condições para a prestação do serviço da Ceplac no município e ficou estabelecida a elaboração de documento que formalize as intenções a ser assinado em nova reunião.

O prefeito Fernando Brito afirmou que saía da reunião com a Ceplac com a certeza de que farão um grande trabalho para aumentar a renda da cacauicultura local, beneficiar produtores, especialmente os agricultores familiares e elevar o PIB do seu município.

COMENTE, FALE, ASSISTA, ACOMPANHE...

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco