Na manhã desta quarta-feira, 22, equipes do Corpo de Bombeiros entraram no décimo sexto dia de combate aos incêndios florestais que acontecem no interior da Bahia. Devido ao tempo seco, fortes ventos e vegetação seca, as queimadas estão se propagando de forma muito rápida, desafiando os mais de 115 brigadistas que atuam na linha de frente no combate às queimadas.

Seis aeronaves estão empregadas nesse trabalho fazendo o resfriamento das áreas atingidas, bem como, auxiliando na redução das chamas. Segundo o comandante do 17° Grupamento de Bombeiros Militar de Barreiras, Major Bahia, as equipes de brigadistas estão em alerta e monitorando a todo instante os focos. “Continuamos com o combate aos incêndios florestais, vários focos já foram controlados. Estamos tendo sucesso em nossa empreitada, todos os nossos bombeiros estão adequadamente equipados com EPI’s e material de apoio ao combate”, enfatizou. O comandante, ainda ressaltou a importância da população que pode colaborar diretamente nessas ações. “Precisamos da ajuda de toda a população e reiteramos o pedido para que todos colaborem evitando toda e qualquer queimada ilegal ou queimada controlada levando em consideração os decretos que proíbem essa prática”, finalizou Major Bahia.

No oeste baiano, os municípios de Luís Eduardo Magalhães, Barreiras, Morpará, Baianópolis, Buritirama, Angical, Riachão das Neves, Barra e Oliveira dos Brejinhos estão com focos de queimadas em algumas delas já controladas, mas, tendo as áreas monitoradas.

Atualização:

Em Luís Eduardo Magalhães, o combate continua na comunidade de Sangueiro, na última terça-feira (21), foi visualizada uma linha de fogo na BR 459. Os bombeiros realizaram o combate por terra, enquanto a aeronave fazia o combate aéreo evitando que as chamas se alastrassem. Já em Barreiras, o combate continua no Povoado da Nanica. O combate aéreo também continua com os dois aviões lançando água nos pontos quentes e realizando o monitoramento.

Em Morpará, o combate continua nas Serras da Ema. Os bombeiros permanecem divididos em dois grupos de atuação na área que foram divididas por coordenadas. Algumas árvores caíram nesta terça-feira (21) e fecharam o carreiro, mas os pontos quentes foram controlados. Toda ação está tendo apoio das duas aeronaves que realizam o combate e monitoramento aéreo. No município de Baianópolis, o incêndio foi extinto na comunidade de Barbosa. Em Buritirama, o combate acontece no Povoado de Clemente de Baixo. Os bombeiros realizaram o planejamento e dividiram as guarnições em dois grupos de trabalho. A vegetação é densa, o que dificulta o acesso dos bombeiros.

Em Angical, os Bombeiros foram deslocados para reforçar o combate na localidade Assentamento Cupins. Em Riachão das Neves, os bombeiros estão avaliando a área, no Povoado Castelo Rio Branco e em Barra a avaliação acontece na Comunidade do Igaritê. Por fim, no município de Oliveira dos Brejinhos, o incêndio foi extinto após o período de monitoramento na região do Garimpo e APA. (deolhonorádio)

Um avião caiu na manhã desta terça-feira (14), em Piracicaba, no interior de São Paulo. De acordo com informações preliminares do Corpo de Bombeiros, ao menos quatro pessoas morreram no acidente.

A aeronave caiu em uma área de vegetação natural. Seis viaturas estão no local, onde há muito fogo. A ocorrência ainda está em andamento.

Bloqueios e pontos de congestionamento foram registrados nesta quinta-feira (09), por volta do meio dia na BR – 101, sentido Itabuna e Buerarema.

Ainda sem muitos detalhes deste manifesto, o repórter Lindivaldo Almeida da Rádio Difusora, informou que caminhoneiros estavam parando os veículos nos acostamentos. A pista funciona parcialmente neste momento. Policias da PRF já foram informados da situação.

O movimento dos caminhoneiros registra pontos de protestos e bloqueios em mais de 10 estados, mesmo após pedido para dispersão do movimento por parte do presidente Jair Bolsonaro.

Entre as pautas dessa reividicação dos caminhoneiros está a redução do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) que incide nos combustíveis, diminuição do preço dos derivados do petróleo, melhoria de condições na malha rodoviária mineira e brasileira, atualização dos valores do frete e apoio ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido).

A conta de luz vai ficar mais cara, mais uma vez. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Ministério de Minas e Energia anunciaram nesta terça-feira (31) a criação de uma nova bandeira tarifária, chamada de bandeira de escassez hídrica.

Essa bandeira está acima da bandeira vermelha patamar 2, que vigorou nos últimos meses e era até então a bandeira mais crítica adotada pela Aneel. A Aneel afirmou na reunião desta terça que as bandeiras são definidas olhando “doze meses para frente”, e creditou a criação da nova bandeira à crise hídrica brasileira e à necessidade de importar energia elétrica.

Com a bandeira de escassez hídrica, a cobrança extra passará para R$ 14,20 a partir deste setembro. O valor é aplicado a cada 100 quilowatts-hora consumidos (kWh), e valerá entre setembro deste ano e abril de 2022. A cobrança anterior, da bandeira vermelha patamar 2, era de R$ 9,49. É uma alta de 49,63% na cobrança extra. A Aneel estima que o impacto final na conta de luz será de 6,78%.

Todos os consumidores do mercado cativo das distribuidoras pagarão a nova cobrança. A exceção são os consumidores do estado de Roraima e os consumidores que usufruem da tarifa social, uma tarifa subsidiada que atinge 12 milhões de brasileiros. (Infomoney)

 

Entre esta sexta-feira (30) e o próximo domingo (1°), o litoral baiano a partir de Caravelas, no Extremo Sul, e Salvador, pode ter ventos com intensidade de até 60 km/h [33 nós]. A previsão foi informada no final da noite desta quinta-feira (29) pela Marinha do Brasil. Segundo o comunicado, o fato está associado ao avanço de uma frente fria que provoca ventos de direção Sudeste a Leste. 

Os ventos com 60 km/h devem se estender pela costa até o Sul de Maragogi, em Alagoas. Segundo a Marinha, navegantes devem se atentar para as condições do tempo antes de entrar no mar. Os avisos podem ser consultados através do site https://www.marinha.mil.br/chm/dados-do-smm-avisos-de-mau-tempo/avisos-de-mau-tempo.

As informações meteorológicas também podem ser visualizadas na página do Serviço Meteorológico Marinho no Facebook, no link: https://www.facebook.com/servicometeorologicomb/, e por meio do aplicativo "Boletim ao Mar", disponível para download na internet, tanto para o sistema Android quanto para iOS. A ferramenta é desenvolvida em parceria entre a Marinha do Brasil e o RUMAR – Instituto Rumo ao Mar.

O apresentador Tiago Leifert vai substituir Fausto Silva e assumir as tardes de domingo da TV Globo até a estreia do novo projeto em desenvolvimento com Luciano Huck.

Segundo comunicado enviado pela emissora na tarde desta quinta-feira (17), "por razões estratégicas e internas, a Globo tomou a decisão de antecipar a saída de Fausto Silva do programa, e juntos decidiram formalizar o distrato".

Fausto Silva confirmou em janeiro que deixaria o "Domingão do Faustão" e a TV Globo no fim de 2021. Em nota na época, a emissora afirmou que Fausto decidiu "encerrar sua jornada à frente de programas semanais" neste último ano de seu contrato. Foram 32 anos comandando o programa.

Tiago já havia ocupado o lugar de Faustão no último domingo (13), após o apresentador ficar afastado da atração por causa de uma infecção urinária.

Nesta terça-feira (15), Luciano Huck confirmou em entrevista ao programa "Conversa com Bial" que será o responsável por assumir o horário deixado por Fausto Silva.

"Tenho enorme respeito pelo Faustão. Ele sempre foi muito generoso. Será um privilégio enorme ocupar o horário dele", afirmou Huck.

Artistas atuantes na cidade já podem acessar o Cadastro de Cultura e Turismo de Itabuna (CADCULTI). A plataforma tem o objetivo de mapear os profissionais que atuam nestes segmentos e foi lançada nesta segunda-feira, 17, pela Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (FICC).

O presidente da FICC, Aldo Rebouças, disse que o cadastro foi dividido em 10 categorias, dentre as quais Artes Cênicas – Dança, Circo e Teatro, Música, Artes Visuais, Humanidades, Áudio Visual, Turismo, etc. O incentivo à classe artistíticase dedicadas ao turismo vai acontecer em três etapas: cadastro, lançamento de edital, e quantificação dos grupos. “Depois disso, será avaliado um auxílio financeiro, o fomento e a qualificação dessas categorias”, explicou Rebouças.

“É um projeto inovador na Bahia e uma marca do compromisso do prefeito Augusto Castro com a classe artística e os demais atores ligados ao turismo”, acrescenta o presidente da FICC. O cadastro pode ser pelo site oficial do CADCULTI, disponibilizado no cadculti.ficc.com.br. O acesso pode ser feito também através do site (http://ficc.com.br/) e rede social da Fundação Itabunense de Cultura e Cidadania (instagram: @ficcoficial). Para auxiliar no processo de cadastramento, dois locais estão à disposição dos interessados nos próximos dias, sendo os locais: Biblioteca Municipal Plínio de Almeida, no Espaço Cultural Josué Brandão, no bairro Conceição, de segunda a sexta, das 8 às 14 horas; e um estande no Shopping Jequitibá, de segunda a sexta, das 10 às 18 horas. Além disso, a FICC coloca à disposição das pessoas um contato para esclarecer eventuais dúvidas: o número (73) 99862-1338, que também é whatszap, com atendimento e segunda a sexta, das 8 às 18 horas. (Ascom/PMI)

O prefeito licenciado de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), apresentou agravamento do estado de saúde nesta sexta-feira (14). Segundo boletim médico, o quadro é irreversível.
Covas está internado desde o dia 2 de maio no Hospital Sírio-Libanês, no Centro da capital paulista, para tratamento do câncer no sistema digestivo com metástase nos ossos e no fígado. Na segunda-feira (10), Covas havia iniciado uma nova etapa de tratamento, com a combinação de imunoterapia e terapia-alvo.

A imunoterapia é feita com medicamento que reforça o sistema imunológico do paciente, para que ele próprio combata o câncer. Já a terapia-alvo, um tratamento mais recente, é feita com outro tipo de medicamento, que identifica uma proteína que existe em células cancerígenas e ataca essas células.

Na semana passada, Covas passou também por sessões de radioterapia para ajudar a conter um sangramento na cárdia detectado em um exame.Em 15 de abril, o prefeito licenciado já havia sido internado para a realização de exames de controle, que descobriram novos focos de tumor nos ossos e no fígado. Durante a internação, ele apresentou uma piora no quadro e foi diagnosticado líquido no abdômen e nas pleuras, tecidos que revestem os pulmões.

Durante os exames para localizar os coágulos, médicos detectaram o câncer na cárdia, região entre o esôfago e o estômago, com metástase no fígado e nos linfonodos.
Covas passou por oito sessões de quimioterapia, que fizeram com que o tumor regredisse. Mas, segundo a equipe médica, não foram suficientes para vencer o câncer.

Após novos exames, o prefeito iniciou o tratamento com imunoterapia. Em janeiro de 2021, após ser reeleito nas eleições municipais e continuar no cargo, Covas anunciou uma nova fase de procedimentos no combate à doença. Ele tirou uma licença de 10 dias, quando passou a ser submetido a sessões de radioterapia. Na época, estavam previstas 24 sessões de radioterapia complementares para o tratamento. Em abril deste ano, exames apontaram novos pontos de câncer nos ossos e no fígado. (G1)
 

 

 

COMENTE, FALE, ASSISTA, ACOMPANHE...

Console de depuração do Joomla!

Sessão

Informação do perfil

Memória Utilizada

Consultas ao banco