Alguns jogos do Brasil nas Eliminatórias da Copa de 2022 podem ficar sem transmissão.  As partidas começam a partir desta semana, mas oito dos dezoito jogos da seleção ainda não tiveram suas exibições negociadas com nenhuma emissora ou plataforma streaming.  Por enquanto, as partidas que serão disputadas tendo a seleção brasileira como mandante e as partidas da seleção argentina já estão com exibições garantidas pela TV Globo e pelo SporTV.  

Entretanto, com exceção do jogo contra a Argentina, as partidas que serão disputadas pelo Brasil no exterior estão sem contrato de transmissão, como por exemplo o jogo contra o Peru, que está marcado para a próxima semana.  A situação é ocasionada por uma mudança no regulamento de negociação de direitos de transmissão da Conmebol. Antes, uma emissora pagava pelos direitos de exibir todos os jogos das Eliminatórias, como um pacote fechado.

Mas a entidade liberou para que cada federação negocie seus próprios jogos como mandante e, até agora, nenhuma empresa se interessou em entrar em acordo com os mandantes de fora que vão jogar contra o Brasil. Uma das razões da falta de interesse das emissoras em pagar pelos jogos são o alto custo dos direitos e uma baixa audiência para as partidas válidas pela Eliminatórias.  Parte da seleção brasileira se apresentou na Granja Comary nesta segunda-feira (5) para dar início a preparação. A estreia do Brasil contra a Bolívia acontece na próxima sexta (9), na Neo Química Arena, em São Paulo.

O ex-jogador Ronaldinho Gaúcho e o irmão, Roberto de Assis, foram libertados da prisão domiciliar no Paraguai, na tarde de hoje (24), segundo o juiz Gustavo Amarilla, em audiência preliminar, em Assunção. Os dois estavam detidos preventivamente há mais de cinco meses após entrarem no país com documentos paraguaios adulterados.

A audiência foi marcada após o Ministério Público do país concluir as investigações sem provas de que eles estariam envolvidos com lavagem de dinheiro e a produção dos documentos falsos. O pedido da suspensão condicional do processo foi feita ao judiciário no dia 7 de agosto.

Como a Justiça acatou o pedido do Ministério Público, após o prazo legal, o processo será arquivado.

O presidente do Vitória, Paulo Carneiro, revelou nesta terça-feira (28) que conversa com a diretoria do Bahia e com a Federação Bahiana de Futebol (FBF) para alterar o formato do Campeonato Baiano. Guilherme Bellintani, mandatário do Esquadrão, também já havia sinalizado essa questão. 

 “É preciso repaginar. Estamos conversando com o Bahia e a Federação Bahiana de Futebol (FBF) de mudar a forma a disputa para não ser em série com as competições nacionais. É usar esse campeonato para fortalecer a formação dos atletas”, disse o cartola, em entrevista à Rádio Metrópole FM.

 O Vitória foi eliminado do Campeonato Baiano no último domingo (26) após empatar em 2 a 2 com o Doce Mel.  A desclassificação precoce foi a segunda seguida. No ano passado, o Leão deixou a competição também na primeira fase. 

 Ao todo, o Vitória tem 29 títulos conquistados do Campeonato Baiano. O último foi em 2017, quando faturou o caneco de forma invicta.

Chegou ao fim a passagem de Jorge Jesus no Flamengo. Depois de semanas de especulações e desencontros de informações, o treinador chegou a um acordo para retornar ao Benfica. Ele ainda irá comunicar a decisão à diretoria rubro-negra, que até o momento afirma que não foi informada de nada pelo treinador. A informação foi divulgada primeiro pelos principais jornais portugueses e confirmada pelo GloboEsporte.com.

O contrato de Jesus com o Benfica será de três anos, e ele receberá cerca de 3 milhões de euros líquidos por temporada. Ele volta ao clube português, onde trabalhou entre 2009 e 2015 e faturou o tricampeonato português.


Jorge Jesus levará consigo toda a sua comissão técnica, formada por seis compatriotas. E também pretende levar o chefe do departamento médico do Flamengo, Marcio Tannure. Ele fez o convite diretamente ao profissional, que se encontra atualmente em Abu Dhabi, trabalhando para o UFC.


Apesar de ter renovado o contrato recentemente com o Flamengo, até junho de 2021, Jesus se viu balançado com o convite do Benfica. Pesou muito a questão da pandemia de coronavírus, que trouxe indefinição ao calendário, maior motivação do Mister no Brasil: ele tinha um pacto com os jogadores de tentar ganhar o Mundial de Clubes, mas agora o torneio sequer tem data para acontecer. A distância da família, agravada em tempos de quarentena, foi outro fator.
 

O Campeonato Baiano já tem data para voltar. Em reunião realizada nesta quarta-feira (8) de forma remota, entre a Federação Bahiana de Futebol (FBF) e os dez clubes participantes, ficou decidido que a bola voltará a rolar no dia 22 de julho, uma quarta-feira.

Além disso, ficou também definido na reunião que as equipes poderão inscrever novos atletas para a disputa, mas aqueles que já jogaram as primeiras rodadas da competição por outras agremiações os clubes deliberaram e não aceitaram que estes atletas joguem pelos novos times.

Como exemplo, o caso do atacante Marcelo Nicácio, que iniciou o Baianão 2020 pelo Fluminense de Feira e é o atual artilheiro da edição, e foi contratado no durante a paralisação do futebol pelo Atlético de Alagoinhas. Nicácio não poderá defender a camisa do Carcará pelo estadual, mas vai participar da Série D do Brasileiro, prevista para iniciar no dia 6 de setembro.

O Baianão foi suspenso em março por conta da pandemia do coronavírus, faltando duas rodadas para o encerramento da primeira fase e a definição dos quatro semifinalistas. A zona de classificação é composta pelo Bahia, Jacuipense, Bahia de Feira e Vitória.

O Campeonato Carioca está autorizado a voltar, após três meses de paralisação, por conta da pandemia de Covid-19. Em coletiva de imprensa nesta terça-feira, a Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou a segunda fase da flexibilização das medidas restritivas na cidade, a partir desta quarta-feira. Entre elas, a volta das competições esportivas, com portões fechados para o público.

O prefeito Marcelo Crivella reforçou que o Campeonato Carioca será retomado com portões fechados para o público, provavelmente a partir desta quinta-feira (18). A decisão final, no entanto, cabe à Federação de Futebol e aos clubes. Uma reunião nesta quarta, entre Prefeitura e clubes, definirá as datas da volta do estadual do Rio de Janeiro.

Todos estão autorizados a jogar a partir desta quarta, mas ninguém será obrigado a entrar em campo. Fluminense e Botafogo, por exemplo, são contra a volta imediata. (Globoesporte)

O Bahia iniciou a testagem de Covid-19 nos jogadores na manhã desta quarta-feira (10). De acordo com a apuração do Bahia Notícias, atletas e funcionários estão comparecendo à Cidade Tricolor de forma escalonada, ou seja, em grupos separados. Uma tenda foi armada no estacionamento do local para fazer as coletas das amostras, através do teste rápido IgG/IgM e do RT-PCR, que coleta a secreção de orofaringe e nasofaringe e é considerado o de resultado mais seguro.

Um pouco mais cedo, Fessin e Gilberto fizeram postagens nas suas contas pessoais do Instagram indo em direção à Cidade Tricolor, que fica no município de Dias D'Ávila.

Nesta quarta, o vice-presidente Vitor Ferraz afirmou que o Tricolor pretende realizar os testes de Covid-19 o mais breve possível para já ter os resultados dos exames assim que recebesse o aval para retornar aos treinos no CT Evaristo de Macedo. "Estamos nos organizando para que [os testes] sejam feitos o mais rápido possível para quando termos o aval das autoridades, já teremos os resultados em mãos e retomar os trabalhos no nosso centro de treinamento", declarou.

Procurada pela reportagem do BN, a assessoria confirmou a realização dos testes, mas ressaltou que ainda não há uma data definida para retorno aos treinos presenciais. As atividades presenciais do Bahia estão suspensas desde a paralisação do futebol brasileiro, em meados do mês de março, ocasionada pela pandemia do coronavírus. Durante este período, o clube deu férias coletivas aos jogadores. Além disso, o departamento de futebol estava monitorando os treinamentos do elenco através da internet. (Bahia Noticias)

 

O Al-Ittihad, da Arábia Saudita, fez uma proposta ao Bahia de 3 milhões de euros, o equivalente a R$ 17,4 milhões, para comprar o volante Gregore. A informação é do jornalista Paulo Vinícius Coelho, o PVC. Segundo ele, o Tricolor confirmou ter recebido a oferta por intermédio do empresário Paulo Pitombeira.

Aos 26 anos, Gregore tem sido alvo de especulações desde o ano passado. Em janeiro de 2020, o clube baiano recebeu uma proposta do Seattle, dos Estados Unidos, no valor de R$ 17 milhões por 80% dos direitos econômicos. Porém, a oferta foi rechaçada.

Contratado pelo Bahia em 2018 junto ao Santos, Gregore vem se destacando pelas roubadas de bola nas últimas edições do Campeonato Brasileiro. No total, ele disputou 124 partidas. Neste ano, o volante entrou em campo 10 vezes, inclusive seu único gol pelo time foi marcado no triunfo sobre o Nacional, do Paraguai, na Arena Fonte Nova, pelo jogo de ida da primeira fase da Copa Sul-Americana

COMENTE, FALE, ASSISTA, ACOMPANHE...